Ex-reitores

Gabriel Novis Neves (1971-1981)

Nascido em 6 de julho de 1935, em Cuiabá, Gabriel Novis Neves é  bacharel em Medicina, com especialidade em Psicologia Médica e Obstetrícia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Além da reitoria da UFMT, exerceu diversos cargos públicos: Secretário de Educação (1968-1970); Secretário de Trabalho e Desenvolvimento Social do Governo do Estado de Mato Grosso (1983); Secretário Chefe da Casa Civil do Governo do Estado de Mato Grosso (1984); Secretário de Saúde do Governo do Estado de Mato Grosso (1984-1985). Foi, também, diretor da Faculdade de Medicina da Universidade de Cuiabá (Unic).

Ao longo de sua carreira como professor (desde 1967) e administrador, tem recebido várias homenagens, entre as quais a de Professor “Honoris Causa” da Universidade do Maranhão (1981); Diploma de Honra ao Mérito como Pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (INPA-CNPQ-1979); Medalha do Mérito Universitário UFMT (1995). Tem muitos trabalhos publicados, além de palestras, conferências, participações em congressos, seminários, simpósios na área de Saúde e Educação. Atualmente, o professor e médico aposentado dedica seu tempo aos estudos sobre a situação do mundo e escreve por hobbie. Em 10 dezembro de 2019, durante sessão pública, foi homenageado pelo trabalho desenvolvido frente à instituição.

Benedito Pedro Dorileo  (1982-1984)

Benedito Pedro Dorileo, além de professor titular da UFMT, foi advogado, membro do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso, cronista e imortal da Academia Mato-Grossense de Letras, tendo também atuado na política como vereador.  Antes de assumir a reitoria da UFMT, em 1982, foi Vice-Reitor Acadêmico (1972 a 1977) e Vice-Reitor (1977). Ao deixar a reitoria, em setembro de 1984, foi membro do Conselho Diretor da Universidade, como representante do Ministério da Educação. É autor de vários livros como “Miçanga”, “Egéria Cuiabana” , “Universidade, o Fazejamento” e “História do Ensino Superior em Mato Grosso”. Faleceu em 12 de dezembro de 2019, em Cuiabá.

Eduardo De Lamônica  (1984-1988)

Eduardo De Lamonica Freire nasceu em Cuiabá, em 26 de maio de 1948. Graduou-se em Medicina pela Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade de Brasília (UnB), fez pós-graduação em Cirurgia Geral (residência médica) e em Clínica Cirúrgica (especialização), também pela UnB. Foi contratado pela UFMT em 01 de agosto de 1976 como professor-horista, e, em 1977, como professor Assistente, por aprovação em Concurso de Provas e Títulos, para a disciplina de Fisiologia Humana. Em 1978, se tornou o primeiro diretor da Faculdade de Ciências Médicas (à época Departamento de Medicina, Centro de Ciências Biológicas e da Saúde - CCBS). Foi também sub-reitor Acadêmico de 1982 a 1984 e Reitor de 1984 a 1988.

Ao final de seu mandato, voltou às suas atividades de professor pelo departamento de clínica cirúrgica, dando aula na graduação de Medicina e orientando estudantes no internato. Foi nomeado presidente da empresa telefônica de Mato Grosso durante o processo de privatização da mesma. Em seguida, participou do processo de contratação da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) para a gestão do Hospital Universitário Júlio Müller.

Helmut Forte Daltro (1988)

Helmut Forte Daltro foi professor do Instituto de Ciências e Letras de Cuiabá e um dos membros fundadores da UFMT. Nascido em Guiratinga, em 1944, graduou-se em Agronomia, pela Universidade Federal de Goiás e especializou-se em Cooperativismo. Foi presidente do Conselho Diretor da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso, presidente do Conselho Universitário e do Conselho de Ensino e Pesquisa, vice-reitor de 1985 a 1989 e reitor interino entre setembro e outubro de 1989.

Implantou o Centro de Ciências Agrárias, o curso de mestrado em Agricultura Tropical, a Fazenda Experimental e os cursos de Agronomia, Engenharia Florestal e Medicina Veterinária da UFMT. Foi ainda secretário adjunto de Educação do Município de Cuiabá, chefe de gabinete da Secretaria de Educação de Mato Grosso, conselheiro titular do Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia e presidente da Associação dos Engenheiros Agrônomos de Mato Grosso. Helmut Daltro foi o fundador da Associação de Ensino Superior em Ciências Agrárias dos Países de Língua Portuguesa e seu primeiro presidente.

Atualmente é conselheiro do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT) e professor aposentado

Augusto Frederico Müller Júnior (1988-1992)

Augusto Frederico Müller Júnior nasceu em Campo Grande, mas veio com sua família para Cuiabá nos primeiros meses de vida. Graduou-se na Universidade de Brasília (UnB) em 1972 e, em 1973, retornou a Cuiabá. Nesse mesmo ano ingressou como professor da UFMT atuando inicialmente no Departamento de Matemática, na área de Estatística Básica. Posteriormente passou a atuar na Assessoria de Planejamento e Desenvolvimento, ligada à Reitoria, época em que fez especialização em Planejamento Universitário. Foi coordenador de Pesquisa e sub-reitor de Planejamento, quando coordenou a instalação do Centro Universitário do Médio Araguaia e ampliou o Centro Universitário de Rondonópolis, por exemplo. Foi eleito reitor em 1988, tendo assumido no dia 20 de outubro daquele ano. Continuou em sala de aula até 2005, quando se aposentou.

Luzia Guimarães  (1992-1996)

A professora Luzia Guimarães pertenceu à primeira turma que se graduou em Ciências Contábeis na UFMT. Como formação acadêmica tem, ainda, o título de mestre obtido na Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo. Na UFMT, além de docente, atuou como dirigente universitária em todos os níveis da administração: subchefe do Departamento de Ciências Contábeis, vice-coordenadora e coordenadora do então Centro de Ciências Sociais, sub-reitora de Planejamento e, por fim, reitora.

Após se aposentar pela UFMT, Luzia Guimarães se tornou reitora do Centro Universitário Unirondon, hoje incorporado ao grupo Kroton e atualmente não está vinculada a nenhuma atividade acadêmica.

Fernando Nogueira de Lima (1996-2000)

Tendo ingressado na UFMT em 1978, como professor do Departamento de Engenharia Elétrica, Fernando Nogueira de Lima foi chefe e subchefe deste departamento, vice coordenador do Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia, diretor da Faculdade de Tecnologia e Engenharia, pró-reitor de Planejamento e reitor da Universidade Federal de Mato Grosso. É graduado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal da Paraíba (UFPb) e em Administração pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Possui Especialização pela UFMT, mestrado pela UFPb e doutorado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), todos na área de Engenharia Elétrica.

Fernando Nogueira de Lima recebeu Titulo de Cidadão Cuiabano, concedido pela Câmara Municipal de Vereadores da Comarca de Cuiabá-MT, Título de Cidadão Barragarcense, concedido pela Câmara Municipal de Vereadores da Comarca de Barra do Garças-MT e Título de Cidadão Diamantinense, concedido pela Câmara Municipal de Vereadores da Comarca de Diamantino (MT). Atualmente continua ministrando aulas na UFMT e realizando pesquisas na área de qualidade da energia elétrica, além de representar a Faculdade de Arquitetura, Engenharia e Tecnologia no Concep.

 Paulo Speller  (2000-2008)

Paulo Speller possui graduação em Psicologia pela Universidad Veracruzana (1972), mestrado em Psicologia pela Universidade Nacional Autônoma de México (1976) e doutorado em Government (Ciência Política) - University of Essex (1988). Foi docente dedicação exclusiva do Departamento de Teoria e Fundamentos da Educação no Instituto de Educação (IE) da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT); é membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social - CDES/Presidência da República, representante da sociedade civil (reconduzido para mandato 2009-2011) e membro da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação, com mandato de quatro anos (2008-2012). Foi também presidente da Comissão de Implantação da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira - Unilab - Secretaria de Educação Superior (SESu/MEC) (2008-2009). Tem experiência na área de Ciência Política, com ênfase em Estado e Governo, atuando principalmente nos seguintes temas: educação, políticas públicas, política educacional, currículo e fundamentos da educação.

Na UFMT, além de reitor, foi Diretor do Instituto de Educação (1992 a 1997) e Assessor de Relações Internacionais (1989 a 1992). Até dezembro de 2014, foi secretário de Educação Superior do Ministério da Educação do Brasil, quando deixou o cargo para assumir seu mandato como Secretário-Geral da Organização dos Estados Ibero-Americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI). Foi homenageado, durante sessão pública realizada em 10 de dezembro de 2019, com o título de professor emérito.

 Maria Lúcia Cavalli Neder (2008-2016)

Maria Lucia Cavalli Neder foi reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) por dois mandatos. Sua história acadêmica tem início em 1972, quando graduou-se em Letras pela Faculdade de Filosofia e Ciências e Letras de Tupã e logo ingressou no quadro de professores da Universidade Federal de Mato Grosso.  Foi Chefe do Departamento de Letras da UFMT em 1981 e permaneceu no cargo até 1983. Concluiu seu mestrado em Educação pela UFMT em 1992 e o doutorado em 2004, pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), onde estudou a formação do professor de ensino a distância. Foi Pró-reitora de Ensino e Graduação entre 2000 e 2002 e Diretora Científica da UFMT no programa CAERENAD. Enquanto reitora da instituição foi presidente do Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras.

Após seu exercício frente à reitoria e até sua aposentadoria, a professora lecionou no Instituto de Educação (IE), na graduação em Pedagogia e coordenou, junto à Secretaria de Tecnologia Educacional, o programa UFMT Online.

 


 

***

Attílio Ourives

Assumiu a Reitoria por diversas vezes, na ausência do reitor e do vice-reitor, como membro mais antigo do Conselho Universitário. Formado em Filosofia, Pedagogia e Direito, Attílio Ourives foi nomeado Procurador de Justiça, da Comarca de Dom Aquino, em 1967 e cedido pelo Ministério Público ao Instituto de Ciências e Letras de Cuiabá, da Universidade Federal de Mato Grosso, onde ocupou o cargo de diretor executivo de 1968 a 1972, quando passou a ocupar o cargo de vice-reitor para Assuntos Administrativos (1972 a 1978). Foi nomeado para o cargo de vice-reitor para Assuntos Acadêmicos (1978 a 1983). Em 1982 fora nomeado membro titular do Conselho Diretor da UFMT. De 1983 a 1985 foi vice-reitor da UFMT, ocupando a presidência do Consepe.  Ocupou também o cargo de Diretor da FAECC. Integrou o Conselho Deliberativo da Fundação Uniselva. Em 1994 foi nomeado novamente como membro titular do Conselho Diretor da UFMT e renovado no cargo em 2000, tendo permanecido até 2006.  Nesse período era assessor da Reitoria.

Recebeu as merecidas homenagens: a Medalha do Ano 1 da UFMT, o Diploma do Mérito Rondon como Professor do Ano, a Comenda da Ordem do Mérito Educacional Dom Aquino Corrêa. Faleceu em 27 de dezembro de 2016, em Cuiabá. 

Fique sempre informado com as principais notícias da UFMT.

Logo da UFMT
Câmpus Cuiabá

Av. Fernando Corrêa da Costa, nº 2367
Bairro Boa Esperança - Cuiabá - MT
CEP: 78060-900

(65) 3615-8000

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

Câmpus Araguaia

Unidade I - Pontal do Araguaia
Avenida Universitária, nº 3500
Pontal do Araguaia - MT
CEP: 78698-000

(66) 3402-1108

Unidade II - Barra do Garças
Avenida Valdon Varjão, nº 6390
Barra do Garças - MT
CEP: 78607-059

(66) 3402-0701

Funcionamento Administrativo 08:00 às 11:30 e das 14:00 às 17:30 (horário local)

Câmpus Sinop

Avenida Alexandre Ferronato, nº 1200
Bairro Setor Industrial - Sinop - MT
CEP: 78557-267

(66) 3533-3100

(66) 3533-3122

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

Câmpus Várzea Grande

Av. Fernando Corrêa da Costa, nº 2367
Bairro Boa Esperança - Cuiabá - MT
CEP: 78060-900

(65) 3615-6296

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

Contribua com o desenvolvimento do novo portal. Sua opinião é muito importante!