PORAndré Faust
Jornalista

DATA22 de Novembro de 2022

COMPARTILHE

Comunidade

UFMT busca articulação em prol do Centro Histórico de Cuiabá

Luiz Carlos Sayão
Reunião teve representantes de poderes, Instituições e de proprietário

Visando uma articulação em prol do Centro Histórico de Cuiabá, a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) reuniu representantes da academia, da sociedade civil, do governo estadual, dos legislativos estadual e federal e das famílias de proprietários de imóveis na região, para apresentar uma proposta de Projeto de Lei para a criação de incentivos fiscais que estimulem o comércio e, por consequência, a ocupação sustentável do espaço e sua revitalização.

De acordo com o reitor da UFMT, professor Evandro Soares, que presidiu o encontro, o objetivo era discutir o Centro Histórico em uma perspectiva humana, que apoiasse o desenvolvimento econômico, social e cultural.

“A sugestão para a reunião veio do professor Ernani Calhao e para isso convidamos um grupo diverso, incluindo pesquisadoras da UFMT que trabalharam já na criação de um plano de gestão do Centro Histórico, para discutir a questão de um ponto de vista estratégico, de curto, médio e longo prazo”, explicou.

Ernani Calhao é presidente do Muxirum Cuiabano e afirmou que o problema do Centro Histórico da cidade não é diferente do que aconteceu em outras regiões do Brasil, começando pelo êxodo empresarial, seguido do abandono, da apropriação dos imóveis pela população de rua, a criminalidade e com isso toda sorte de problemas.

“O que todo mundo fez depois da crise de Nova York foi a reinvenção dos espaços, focado na sustentabilidade econômica desses centros. O Plano de Gestão que foi desenvolvido pela UFMT já é um trabalho impecável, mas é necessário que os poderes articulem uma proposta que possa incentivar a retomada das atividades comerciais, ou o Centro vai continuar morto”, asseverou.

O Plano de Gestão do Centro Histórico é um projeto de pesquisa premiado, conduzido pela Faculdade de Arquitetura, Engenharia e Tecnologia (FAET), que engloba o desenvolvimento sustentável, inclusivo e econômico da região, sem desconsiderar seu valor como patrimônio histórico e a infraestrutura urbana.

“É importante a gente ter consciência de que o Centro Histórico de Cuiabá tem sua própria vocação e que é diferente de outros espaços, como no recife onde as suas são mais amplas. Precisa ter habitação, isso é claro, e precisa ter atividades econômicas que funcionem em períodos diferentes, nos finais de semana, que gerem menos trânsito”, explicou a professora Luciana Mascaro, uma das coordenadoras do projeto.

Representando o governo estadual, o Secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer, Jefferson Carvalho Neves, concordou com a importância do Centro e disse que um projeto de lei com um detalhamento claro da proposta teria boa aceitação. “Precisamos apresentar os impactos desse projeto. De quanto o estado estaria abrindo mão em arrecadação a médio e longo prazo, quais seriam os prazos desses incentivos e qual seria a contrapartida de quem estiver recebendo”, disse.

Presentes na reunião, os deputados estaduais Allan Kardec e Carlos Avalone falaram também sobre as propostas que tramitam atualmente no legislativo.

O detalhamento do Plano de Gestão do Centro Histórico pode ser acessado no portal Rede Cidadão da UFMT.

Também participaram o pró-reitor de Cultura, Extensão e Vivência, Maestro Fabrício Carvalho, Amélia Hirata, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Neila Barreto, do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso (IHGMT), o professor Marcus Cruz, diretor do Instituto de Geografia, História e Documentação da UFMT (IGHD) e mais.

1/17
TAGS:

Logo da UFMT
Câmpus Cuiabá

Av. Fernando Corrêa da Costa, nº 2367
Bairro Boa Esperança - Cuiabá - MT
CEP: 78060-900

(65) 3615-8000

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

Câmpus Araguaia

Unidade I - Pontal do Araguaia
Avenida Universitária, nº 3500
Pontal do Araguaia - MT
CEP: 78698-000

(66) 3402-1108

Unidade II - Barra do Garças
Avenida Valdon Varjão, nº 6390
Barra do Garças - MT
CEP: 78605-091

(66) 3402-0736

Funcionamento Administrativo 08:00 às 11:30 e das 14:00 às 17:30 (horário local)

Câmpus Sinop

Avenida Alexandre Ferronato, nº 1200
Bairro Residencial Cidade Jardim - Sinop - MT
CEP: 78550-728

(66) 3533-3100

(66) 3533-3122

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

Câmpus Várzea Grande

Av. Fernando Corrêa da Costa, nº 2367
Bairro Boa Esperança - Cuiabá - MT
CEP: 78060-900

(65) 3615-6296

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30