PORAndré Faust
Jornalista

DATA14 de Maio de 2021

COMPARTILHE

Ciências

Sociedade de Geologia reconhece pesquisador da UFMT

Medalha é concedida à geólogos com até 10 anos de formado

Estudos sobre os processos de formação de depósitos minerais em diferentes eras geológicas, além de reflexões sobre a formação de professores de Geologia, garantiram a pesquisador da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) o reconhecimento da Sociedade Brasileira de Geologia (SBG), com a medalha "Martelo de Prata", que condecora geólogos com até 10 anos de formado por suas contribuições para a área no Brasil.

Formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), o pesquisador e professor da UFMT, Pedro Maciel de Paula Garcia, atua no campo conhecido como Metalogênese, ou Geologia Econômica. Seus principais trabalhos nesta área são "Evolução tectônica e metalogenética do Cobre no Vale do Curaçá, Bahia, Brasil" e "Geologia, petrogênese e geocronologia do complexo do Rio Salitre". Este primeiro que se aproxima também de suas pesquisas de mestrado e doutorado da UFBA, ambas focadas na metalogênese do cobre.

"É uma grande satisfação receber a medalha, que é um reconhecimento a nível nacional. É algo que me motiva a continuar desenvolvendo minhas pesquisas, continuar orientando, reunindo conhecimentos e ajudando a geologia a se desenvolver no Brasil", afirma o professor.

Seu interesse pela metalogênese surgiu desde a graduação, em parte por seu interesse em química. Essa é uma área que estuda como um elemento químico se concentra na crosta da Terra e forma uma anomalia, um tipo de depósito mineral. Esses depósitos minerais podem ter interesses econômicos e, por isso, a área também é chamada de Geologia Econômica.

"Durante a pós-graduação eu estudei o Cobre, em especial a mina de Caraíba, na Bahia, que é a mais antiga em atividade no país, hoje com mais de 1,5km de profundidade. Mesmo com décadas de produção eles ainda não tinham um modelo geológico fechado, então identificamos isso como um problema científico a ser resolvido e investimos nisso", concluiu.

O pesquisador é também coordenador do programa de Pós-graduação em Geociências (PPGEC) da UFMT e atua em projetos de extensão com o objetivo de difundir a geologia e as geociências, como o Ciência no Mato.

A entrega do prêmio acontecerá na solenidade de abertura do 50º Congresso Brasileiro de Geologia, em 28 de junho.


TAGS:

Fique sempre informado com as principais notícias da UFMT.

Logo da UFMT
Câmpus Cuiabá

Av. Fernando Corrêa da Costa, nº 2367
Bairro Boa Esperança - Cuiabá - MT
CEP: 78060-900

(65) 3615-8000

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

Câmpus Araguaia

Unidade I - Pontal do Araguaia
Avenida Universitária, nº 3500
Pontal do Araguaia - MT
CEP: 78698-000

(66) 3402-1108

Unidade II - Barra do Garças
Avenida Valdon Varjão, nº 6390
Barra do Garças - MT
CEP: 78605-091

(66) 3402-0701

Funcionamento Administrativo 08:00 às 11:30 e das 14:00 às 17:30 (horário local)

Câmpus Sinop

Avenida Alexandre Ferronato, nº 1200
Bairro Residencial Cidade Jardim - Sinop - MT
CEP: 78550-728

(66) 3533-3100

(66) 3533-3122

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

Câmpus Várzea Grande

Av. Fernando Corrêa da Costa, nº 2367
Bairro Boa Esperança - Cuiabá - MT
CEP: 78060-900

(65) 3615-6296

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

Contribua com o desenvolvimento do novo portal. Sua opinião é muito importante!