PORGerência de Imprensa
ascom@ufmt.br

DATA04 de Maio de 2021

COMPARTILHE

Institucional

Pesquisas sobre legado digital pós-morte ganham destaque

Ações foram atuadas conferência internacional e premiação do CNPq

"Projeto de Sistemas Face ao Pré-gerenciamento do Legado Digital Pós-morte", comumentemente denominado DAVI (Dados Além da Vida), desenvolvido na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), investiga questões relacionadas ao espólio digital deixado por proprietários de contas de e-mails e redes sociais, entre outras, que falecem e cuja destinação precisaria ser uma preocupação dos usuários. 

Os estudos do DAVI estão ligados aos laboratórios de Ambientes Virtuais Interativos (LAVI) e de Estudos sobre Tecnologias da Informação e Comunicação (LêTece), respectivamente, dos institutos de Computação (IC) e de Educação (IE) da UFMT, Câmpus de Cuiabá. O projeto conta com a colaboração de pesquisadores de aproximadamente 16 instituições de ensino, sendo um dos maiores grupos de discussão da temática na América Latina.

Os resultados das pesquisas originadas neste trabalho foram apresentadas na 23ª International Conference on Enterprise Information Systems (ICEIS 2021). Os dois artigos científicos submetidos, aceitos e apresentados na conferência abordaram uma análise descritiva em redes sociais com foco na geração digital e na interação póstuma e também as perspectivas teórica, sistêmicas e dos usuários nos sistemas de gerenciamento de legado digital. Este último foi indicado para concorrer na categoria "best paper", que seleciona os melhores trabalhos de um evento. Ambos os artigos contam com autoria de estudantes e professores da UFMT, de diversas áreas, bem como de outras instituições e estão disponíveis na biblioteca digital SciTePress.

Segundo o coordenador do DAVI, professor Cristiano Maciel, os pesquisadores envolvidos com os trabalhos têm como objetivo principal propor soluções para a engenharia de sistemas computacionais no que se refere ao legado digital, sempre à luz dos princípios técnicos, culturais e legais. Também, são investigados comportamentos de usuários da geração Z, usuários potenciais das tecnologias.

“É importante perceber que, por meio da pesquisa e da inovação em produtos de software, tem sido possível avançar na discussão da temática e ajudar os usuários no uso de Sistemas Gerenciadores de Legado Digital, com apoio dos eventos, redes sociais e da divulgação científica“, elenca Maciel.  Ele ressalta ainda que "temáticas como esta precisam ser tratadas de forma interdisciplinar, como o DAVI tem feito, todavia a falta de financiamentos para o desenvolvimento dos estudos que envolvem várias áreas é um desafio, limitando os avanços no que se refere ao desenvolvimento de novas soluções. Com o apoio dos orgãos de fomento, como do CNPq via PROPeq, conseguimos viabilizar a pesquisa, contando com bolsas para nossos alunos de graduação. Ainda, o projeto conta com o apoio de alunos de pós-graduação", completa o professor.

Nesta terça-feira (4), ele é um dos convidados do Ciclo de Seminários Online do Instituto de Computação da Universidade Federal Fluminense (UFF) onde falará sobre "Tecnologias associadas ao pós-morte: possibilidades de pesquisa e inovação". A palestra pode ser acompanhada ao vivo pelo YouTube a partir das 17h (horário de Brasília-DF).

CNPq
O bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic ) do projeto, Vinícius Ferreira Galvão, foi um dos indicados pela UFMT ao 18º Prêmio Destaque na Iniciação Científica e Tecnológica do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

A premiação é de abrangência nacional e tem como objetivos premiar os trabalhos de destaque entre os bolsistas, considerando os aspectos de relevância e de qualidade de seu relatório final de pesquisa, bem como as instituições participantes do programa que contribuíram de forma relevante para o alcance das metas do mesmo.

Os trabalhos indicados pela UFMT para avaliação do CNPq foram selecionados pelo Comitê Institucional de Iniciação Científica da Universidade com base na qualidade dos relatórios finais apresentados e no parecer emitido pelos respectivos orientadores.

Com o plano de trabalho intitulado “Cultura e Interação: Como a Sociedade Percebe a Imortalidade Digital”, orientado pelo professor Cristiano Maciel, Vinícius foi indicado na área das Ciências Humanas e Sociais, Letras e Artes). Confira a relação completa de indicados aqui.

Outras informações no site, no Instagram ou Facebook  do projeto.

TAGS:

Fique sempre informado com as principais notícias da UFMT.

Logo da UFMT
Câmpus Cuiabá

Av. Fernando Corrêa da Costa, nº 2367
Bairro Boa Esperança - Cuiabá - MT
CEP: 78060-900

(65) 3615-8000

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

Câmpus Araguaia

Unidade I - Pontal do Araguaia
Avenida Universitária, nº 3500
Pontal do Araguaia - MT
CEP: 78698-000

(66) 3402-1108

Unidade II - Barra do Garças
Avenida Valdon Varjão, nº 6390
Barra do Garças - MT
CEP: 78605-091

(66) 3402-0701

Funcionamento Administrativo 08:00 às 11:30 e das 14:00 às 17:30 (horário local)

Câmpus Sinop

Avenida Alexandre Ferronato, nº 1200
Bairro Residencial Cidade Jardim - Sinop - MT
CEP: 78550-728

(66) 3533-3100

(66) 3533-3122

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

Câmpus Várzea Grande

Av. Fernando Corrêa da Costa, nº 2367
Bairro Boa Esperança - Cuiabá - MT
CEP: 78060-900

(65) 3615-6296

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

Contribua com o desenvolvimento do novo portal. Sua opinião é muito importante!