PORGerência de Imprensa
ascom@ufmt.br

DATA08 de Outubro de 2021

COMPARTILHE

Institucional

Com investimento de quase R$ 1,5 mi, UFMT lança edital

Inscrições para participação estarão abertas até 19 de outubro

Em transmissão ao vivo realizada na manhã desta sexta-feira (08), a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), a partir da ação integrada das Pró-reitorias de Pesquisa (Propeq); de Ensino de Pós-Graduação (Propg); Administrativa (Proad); e de Planejamento (Proplan), lançou o edital de apoio à pesquisa 2021. Além de pontos específicos do documento divulgado, a atividade também trouxe outras iniciativas, como o cartão BB Pesquisa, que almejam o alcance dos objetivos e metas previstos no Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) 2019-2023 nos eixos que envolvem pesquisa e inovação, ensino e gestão.

A ação conta com investimento de R$ 1,495 milhões, distribuídas em quatro faixas de proposta, contemplando, no total, 185 projetos. Caso não haja demanda em uma categoria, o recurso poderá ser redistribuído entre as demais, objetivando o atendimento de um maior número de projetos e pesquisadores. Os recursos poderão ser utilizados para a compra de equipamentos, material de consumo e também para custeio  de serviços de terceiros/pessoa jurídica, como manutenção de equipamentos ou taxa de publicação de artigos.

Podem participar do edital servidores ativos do quadro em todos os Câmpus, coordenador de projeto de pesquisa vigente, devidamente homologado no Sistema de Gerenciamento de Projetos de Pesquisa (SGPP); e ter seu currículo cadastrado e atualizado na Plataforma Lattes. Durante o processo de inscrição e assinatura do Termo de Aceitação de Auxílio Financeiro a Pesquisador, o servidor não deve se encontrar afastado para qualificação, capacitação, interesse pessoal e/ou tratamento de saúde.

O reitor da UFMT, professor Evandro Soares da Silva, destacou que a UFMT, desde sua criação, tem buscado ir ao encontro das necessidades sociais e regionais. "Há muito tempo não temos um edital pra alavancar principalmente a pesquisa, tanto daqueles que já fazem quanto estimular os que ainda não fazem. Cabe à UFMT aumentar sua atividade no relacionamento e compartilhamento com a sociedade", frisou.

A vice-reitora, professora Rosaline Rocha Lunardi, apontou que o edital atende uma demanda histórica dos servidores da UFMT no estabelecimento de políticas que incentivem e facilitem a pesquisa na instituição. “Este momento está sendo possível por meio da participação de nossos pesquisadores e da colaboração de todas as pró-reitorias no desenho de uma proposta que pode atingir o maior número de pesquisador, especialmente os iniciantes. O edital contemplará jovens pesquisadores, mestres e doutores, incentivando o desenvolvimento de pesquisa na Universidade e como consequência aumentar o número de estudantes que poderão vivenciar as atividades de pesquisa e planos de trabalho. Os estudantes vivenciarão a universidade como um todo", frisou.

O pró-reitor de pesquisa, professor Leandro Dênis Battirola, reforçou que o lançamento do edital é um momento histórico para a universidade. “A UFMT é a maior instituição de pesquisa e geração de conhecimento de Mato Grosso e está atuando diretamente em todos os setores da sociedade, um papel extremamente importante", disse, acrescentando que atualmente a universidade conta com mais de mil projetos de pesquisa sendo desenvolvidos, fruto do trabalho de mais de 360 grupos de pesquisa registrados, atualizados e certificados no diretório do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), além do maior número de pesquisas com bolsa produtividade do estado e mais de 700 bolsistas de iniciação científica.

O pró-reitor de Ensino de Pós-graduação, professor Jackson Antonio Lamounier Camargos Resende, destacou o papel do edital para a área. "É muito relevante para os cursos de pós-graduação. É uma ação que vem ao encontro com o planejamento, com o PDI, e coloca a consolidação da pós-graduação e o incremento da produção científica. O edital vem de modo muito importante e consolidativo nos processos da UFMT e vai fortalecer os grupos de pesquisa os programas de pós-graduação", reforçou.

PDI e cartão BB

O pró-reitor de Planejamento, professor Roberto Perillo Barbosa da Silva, destacou que a unidade está buscando estar mais próximas das pastas e de toda comunidade. "Esse edital atende diretamente os objetivos e metas constantes do PDI. É fundamental darmos ampla divulgação no que tange a aplicação dos recursos, de sua relação direta com o PDI, pois isso prova que não é apenas um documento, mas uma ferramenta prática para o bom uso dos recursos públicos, atendendo diretamente os anseios da comunidade acadêmica", afirmou. "Esse edital apresenta outra importante inovação. Buscamos ressaltar a importância do Plano de Logística Sustentável, que também está ligado ao PDI. Para tal, visa-se identificar a quais objetivos de desenvolvimento sustentável que são preconizados pelas Nações Unidades, têm sido contemplados em nossos projetos de pesquisa", completou.

O pró-reitor Administrativo, Adriano Aparecido de Oliveira, afirmou que a missão da pasta é colaborar com a gestão das demais e, no âmbito desta ação, contratou o cartão BB Pesquisa. " Ele [cartão eletrônico] já é usado em outras instituições, inclusive por muitos de nossos pesquisadores na execução de projetos. Com o cartão, acreditamos que os contemplados terão possibilidade de adquirir insumos, serviços e equipamentos de forma mais simplificada", afirmou.

"Faremos um encontro com os pesquisadores para explicar os procedimentos que devem ser realizados. O objetivo é dar segurança aos pesquisadores para que eles se comprometam com a pesquisa e não fiquem travados com a burocracia", finalizou.

Prazos e etapas

A submissão de propostas deverá ser feita de sábado (09) até as 23h59 do dia 19 de outubro. O proponente deverá formalizar a proposta unicamente por meio de processo eletrônico, via Sistema Eletrônico de Informações (SEI), endereçada à Coordenação de Pesquisa – Propeq (PROPEQ – CP – Coord. –Coordenação de Pesquisa).

A lista de inscritos será divulgada no site da Propeq em 21 de outubro, cabendo recurso no próximo dia. O resultado preliminar será divulgado em 22 de novembro, com recurso no dia seguinte.

O resultado final será divulgado no dia 26 de novembro. Já no dia 29 de novembro, Proad e Propeq iniciam as oficinas de treinamento para uso do cartão pesquisador. A convocação para assinatura do termo de aceitação será entre os dias 06 e 10 de dezembro e o cartão ficará disponível a partir do dia 13 de dezembro.

Os pesquisadores terão entre os meses de janeiro e julho de 2022 para usar o cartão pesquisador e entre os meses de fevereiro e agosto para a prestação de contas.

A live foi moderada pela professora Lisiane Pereira de Jesus, pró-reitora de Assistência Estudantil. Para rever a live, basta acessar sua exibição disponível no canal do YouTube da TVU.

Acesse a íntegra do edital.

Os anexos do edital estão disponíveis na página da PROPeq.

TAGS:

Fique sempre informado com as principais notícias da UFMT.

Logo da UFMT
Câmpus Cuiabá

Av. Fernando Corrêa da Costa, nº 2367
Bairro Boa Esperança - Cuiabá - MT
CEP: 78060-900

(65) 3615-8000

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

Câmpus Araguaia

Unidade I - Pontal do Araguaia
Avenida Universitária, nº 3500
Pontal do Araguaia - MT
CEP: 78698-000

(66) 3402-1108

Unidade II - Barra do Garças
Avenida Valdon Varjão, nº 6390
Barra do Garças - MT
CEP: 78605-091

(66) 3402-0701

Funcionamento Administrativo 08:00 às 11:30 e das 14:00 às 17:30 (horário local)

Câmpus Sinop

Avenida Alexandre Ferronato, nº 1200
Bairro Residencial Cidade Jardim - Sinop - MT
CEP: 78550-728

(66) 3533-3100

(66) 3533-3122

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

Câmpus Várzea Grande

Av. Fernando Corrêa da Costa, nº 2367
Bairro Boa Esperança - Cuiabá - MT
CEP: 78060-900

(65) 3615-6296

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

Contribua com o desenvolvimento do novo portal. Sua opinião é muito importante!