PORRabeche Alves
Estagiária, com supervisão da Gerência de Imprensa

DATA22 de Junho de 2022

COMPARTILHE

Cultura

Cena Livre retoma projetos com planos para festival

Apresentação antes da pandemia / Arquivo Cena Livre
Grupo realiza parcerias para apresentações em escolas

O Cena Livre, projeto de extensão do grupo de teatro da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), está de volta com suas oficinas de forma presencial. Com a volta, o grupo tem como objetivo retomar toda sua agenda e projetos como Encontro mato-grossense de artes cênicas, organizado pela Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT) em articulação com a UFMT e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT). O encontro reúne diversos artistas, escolas, coletivos, palestrantes, oficineiros, autoridades e o público em geral com o objetivo de  realizar diálogos e trocas sobre os desafios artísticos através de oficinas, exposições, debates e workshops e promover uma busca pela compreensão e desenvolvimento das artes cênicas no cenários mato-grossense.

Outros projetos aos quais o Cenas Livre pretende retomar para a modalidade presencial são a Mostra Cênica e o Festival Cenas Curtas. Projetos esses que deram frutos e saíram do âmbito acadêmico ganhando as ruas, como o caso do projeto Contidas Nunca Mais. A peça, que trata sobre feminicídio, teve origem em uma das cenas participantes do Festival de Cenas Curtas. 

Além disso, o núcleo de mulheres criado pela ex-diretora, membro do projeto, Ana Carolina Mello foi contemplado pelo edital Artes em Residência de 2020 e levou o espetáculo presente nos palcos para a praça Alencastro. 

Ellyda Reiche, uma das atuais diretoras do Cena Livre, reitera os desejos futuros sobre o projeto: "Um dos projetos futuros do Cena Livre é realizar o Festival de Cenas Curtas, que vamos fazer de forma presencial na UFMT. A partir de setembro, pretendemos fazer a Mostra de Artes Cênicas, que temos trabalhado para fazer já em dezembro”. Além disso, a diretora conta que com a volta presencial o processo criativo do grupo está se desenvolvendo de maneira fluida superando as expectativas. Em abril, o grupo realizou um novo processo de seleção para novos candidatos, retomando as oficinas em maio.

Recentemente, o Cena Livre fechou uma parceria com Águas Cuiabá e vem realizando em escolas a peça infantil O Garoto do Rio e a Ameaça do Óleo, com isso, todo o dinheiro arrecadado é revertido para o investimento do projeto.

Pandemia foi desafio para projeto

Com a grande procura interna e externa de pessoas interessadas em aprender com o grupo, Ellyda ressalta o principal objetivo do Cena Livre, trazer o tão sonhado curso de teatro para dentro da universidade “Nós temos um acesso a parte acadêmica da universidade, que não é um acesso para todo mundo e conseguir incluir essa comunidade externa, nesse espaço acadêmico é algo que mexe com a sociedade, é algo para questionarmos essa demanda, de pessoas que estão procurando por acesso a artes cênicas”. Atualmente, enquanto esperam a reforma do auditório do Centro Cultural, as oficinas estão funcionando provisoriamente no auditório do Instituto de Linguagens da UFMT. 

Durante a pandemia, o grupo adaptou suas oficinas para o formato online. Durante os 3 primeiros meses foram disponibilizadas algumas apostilas de estudos teóricos compactadas, para facilitar o acesso dos participantes, “Durante 2020, nós tivemos esse desafio de manter o projeto de extensão, foi um dos poucos projetos de extensão da UFMT, que mantiveram o processo até o final do ano. Nós tivemos um processo onde nós continuamos as oficinas online, onde nós focamos um pouco mais no processo de estudo teórico a princípio, onde nós desenvolvemos uma apostila para facilitar o entendimento teórico”, afirma Ana Carolina.

O grupo realizava um estudo coletivo e mais adiante, se o membro quisesse aprofundar mais sobre o assunto, poderiam procurar mais materiais que partissem do apresentado. Após os primeiros 3 meses, percebendo a necessidade de permanecer online, o grupo então procurou utilizar uma plataforma leve, que contemplasse todos os membros e assim permaneceram ministrando as oficinas de forma remota.

Durante o processo para manter o projeto ativo, Ana relata que uma das principais dificuldades se deu em relação ao acesso dos alunos a internet, “Isso é uma coisa que foi muito triste durante a pandemia. Ver estudantes que não tinham acesso à internet, que tinham disponibilidade, tinham a intenção, a disciplina, porque o teatro demanda disciplina. Então eles tinham a disciplina de estudar mais não podiam por conta da internet”.

Início tímido e consolidação como projeto de extensão

Fundado em 2016, através da iniciativa de Leosan Sampaio, o Cena Livre, até então vinculado como extensão do curso de História, foi criado com o objetivo de promover um curso de iniciação teatral.

O grupo começou de forma “tímida” com cerca de 20 pessoas, e suas oficinas eram ministradas em uma pequena sala do Centro Cultural. Em 2018, junto a Pró-Reitoria de Cultura, Extensão e Vivência (PROCEV), o grupo obteve a liberação do auditório onde passaram a realizar seus trabalhos, que após o primeiro processo seletivo, passou a contar com 40 membros, aumentando a cada ano.“Vamos avançando nos anos. Sempre com as inscrições aumentando” afirma Ana Carolina. 

Vale observar que apesar de ser um projeto ligado a instituição acadêmica, o Cena Livre recebe também membros vindos da comunidade externa e atualmente está ligado a Faculdade de Comunicação e Artes, “Faz dois anos que a gente conseguiu estar vinculado ao departamento de comunicação e artes sob a coordenação da Maristela Carneiro”, destaca Ana.

Para fazer parte do grupo de teatro Cena Livre, o candidato deve ter no mínimo 14 anos e ter como principal característica a disciplina. Os ensaios e ministrações de oficinas ocorrem todos os sábados, das 14h às 18h, no espaço provisório do Instituto de Linguagens na UFMT.

Redes Sociais:

Youtube / Facebook / Instagram

TAGS:

Logo da UFMT
Câmpus Cuiabá

Av. Fernando Corrêa da Costa, nº 2367
Bairro Boa Esperança - Cuiabá - MT
CEP: 78060-900

(65) 3615-8000

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

Câmpus Araguaia

Unidade I - Pontal do Araguaia
Avenida Universitária, nº 3500
Pontal do Araguaia - MT
CEP: 78698-000

(66) 3402-1108

Unidade II - Barra do Garças
Avenida Valdon Varjão, nº 6390
Barra do Garças - MT
CEP: 78605-091

(66) 3402-0736

Funcionamento Administrativo 08:00 às 11:30 e das 14:00 às 17:30 (horário local)

Câmpus Sinop

Avenida Alexandre Ferronato, nº 1200
Bairro Residencial Cidade Jardim - Sinop - MT
CEP: 78550-728

(66) 3533-3100

(66) 3533-3122

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

Câmpus Várzea Grande

Av. Fernando Corrêa da Costa, nº 2367
Bairro Boa Esperança - Cuiabá - MT
CEP: 78060-900

(65) 3615-6296

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30